atualidade,  oficinas,  colaborações,  Contribuições,  degustação,  Entrevista,  Os pratos principais,  Imprensa / redes sociais / media,  Receitas vegetarianas,  ocasião especial,  glúten,  VEGA,  vídeo

Meu cuscuz Gari grelhado com legumes e molho de tomate

 

Olá a todos,

Bienvenu.e.s dans notre blog lyrique et gourmand. Merci pour votre incroyable soutien ici et sur les réseaux sociaux. 😉

Voici la première de mes recettes réalisées dans le cadre d’un reportage sur les couscous subsahariens.

Merci à AJ+francais, Émma PAOLI e Yasmina Bennani que me deram a oportunidade de compartilhar minha paixão pelos tesouros culinários da África em geral e dos Camarões em particular.

Ma partie de cette vidéo (elle cartonne,merci 😉 ;-). La visionner plus bas) a été tournée chez Cooking city, um espaço parisiense adaptado a todas as suas oficinas culinárias.

On y retrouve aussi Aïssatou Mbaye dAistou cuisine, o Chef Anto, Youssouf Sokhna de la Bifurcation.

 

Ps: En dehors du piment marocain, tous mes légumes sont issus de l’agriculture biologique

Não hesite em me enviar fotos de suas conquistas, deixar comentários no blog, para me fazer perguntas e, claro, inscrever seus entes queridos aqui para receber receitas, fotos, astuces, surprises et vous tenir au courant de notre actualité.

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

Esta receita é uma variação do gari salteado que lembra o Foto gari do Benin ou Togo. É valorizado pelas populações camaronesas, especialmente aqueles na costa. Talvez isto se deva à mistura de populações e aos casamentos entre nacionais de diferentes países.. De fato, qualquer grande evento que se respeite tem seu gari refogado e muitas vezes é degustado com camarão ou carne bovina e outros.

Eu te ofereço alguns 2 apresentações. Aquele que separa bem as camadas de Gari, os de legumes e molho de tomate e o outro que mistura o gari com metade dos legumes, depois o resto dos vegetais e o molho de tomate. SERVIR QUENTE

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

 

Meu cuscuz Gari grelhado com legumes e molho de tomate

 

 

Para 8 para 14 pessoas

Preparação: 20 minutos

Cozimento:

30 minutos vegetais)

30 minutos (Gari)

10 minutos molho tomate

 

 

O que você precisa

 

-750g de gari (semolina de mandioca) Comprado de Bao o mercado do sol

-600 g de pacotes de tomates orgânicos frescos

-350 g de abóbora (abóbora, abóbora ou abóbora). Para o vídeo usei a abóbora da minha horta, aqui, eu comprei manteiga)

-3 cenouras cortadas em viés

-3 pastinaga inclinada

-1 abobrinha (para o vídeo usei o da minha horta)

-1 alho-poró fatiado (para o vídeo usei o da minha horta)

-1 lindo talo de aipo (picado) (pé e folhagem) do jardim para mim

-7 dentes de alho picados

-1 pimentão vermelho cortado em tiras

-1 pimentão amarelo em tiras

-4 cebolas grandes em seis cada

-2 nível de colher de sopa de lavadora (árvore de alho local zesok). Detalhes desta famosa árvore, todas as partes comestíveis e com cheiro de alho defumado aqui

-Flor de sal

-pimenta branca penja

– Óleo de amendoim ou girassol

 

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para o molho de tomate

-600 g de coulis de tomate

-100 g de água

-3 colher de sopa de óleo

-1 Folha de louro (para mim do jardim)

– 1 colher de chá de alho granulado

– 1 colher de chá de pimenta Penja branca moída IGP

 

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

Para o Gari

-750 g de gari

-30 cl (300g) água morna

 

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Criação de receitas

Lave bem todos os seus vegetais !

Molho de tomate

-Em uma frigideira, despeje os 600g de coulis de tomate orgânico, 100 g de água, 3 colher de sopa de óleo de sua preferência, 1 colher de chá de alho granulado, 1 Folha de louro, flor de sal como desejar. cozinhar 10 minutos, finalizar com pimenta Penja moída.

 

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

o Gari

– Despeje a água no Gari para reidratá-lo

– Adicionar 2 colher de sopa de óleo neutro e misture bem com os dedos

– O gari vai inchar e amolecer um pouco

– Em uma wok ou frigideira antiaderente grande, grelha para 30 min em fogo médio o Gari, mexendo regularmente (Sirva quente senão vai endurecer)

 

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

Os vegetais

  • Em uma panela grande antiaderente, cozinhe as cenouras cortadas em viés com 300 g de água salgada para 10 mn
  • Adicione o alho e a cebola, abobrinha, a noz, pastinaga, alho-poró e aipo
  • Cozinhe por mais 13 minutos
  • Retificar & rsquo; tempero, terminar com o 2 colher de sopa de fatias, 2 minutos restantes no fogo
  • Adicionar 2 colher de sopa de óleo

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

Gari cuscuz com vegetais picantes
Gari cuscuz com vegetais picantes

 

 

 

Dicas/conselhos/variantes/informações

Eu poderia ter dito exactamente a mesma coisa sobre o Attiéké da Costa do Marfim. De fato, é trabalhado quase como Gari com vapor de água adicional. Portanto, é menos seco que o Gari e nós o reidratamos menos. Em breve farei para você um cuscuz Attiéké. 😉

Sêmola de mandioca

  • É sem glúten,
  • Ele digere muito bem graças ao seu alto teor de amido.
  • Aumenta a sensação de saciedade, sempre graças ao amido. De fato, este incha e ao nível do estômago, o amido incha criando uma sensação de saciedade. Seu apetite diminuirá um pouco e você poderá comer menos sem sentir que está se privando..

 

o Gari

“O gari constitui um dos principais alimentos básicos das populações do Benin. Apresenta-se na forma de uma sêmola esbranquiçada a amarela., com grãos secos e duros e é caracterizado por um sabor picante. É obtido através do processamento da mandioca (Esculepzta Crantz de Mauihot), segundo processo inspirado na tecnologia de fabricação da farinha de mandioca 11 Brasileiro apresentado ao Benin nos anos 1800 graças ao retorno dos escravos libertos do Brasil. »

É fabricado e consumido em muitos outros países. Ir, Nigéria, Gana, e, claro, Camarões.

A seguir ? Clique nos links a baixo

https://horizon.documentation.ird.fr/exl-doc/pleins_textes/pleins_textes_6/colloques1/43541.pdf

https://ifdc.org/acma2-technical-training-documents/wp-content/uploads/2019/07/FICHE-9-LA-PRODUCTION-DE-GARI-A-BASE-DE-MANIOC-PROCESSING-CASSAVA-INTO-GARI.pdf

 

ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A MANDIOCA

O mandioca ou mandioca é uma espécie de planta nativa da América Central e do Sul, mais particularmente do sudoeste da bacia amazônica.

Seu nome vem de um mito tupi que conta como a deusa Mani, de pele branca, estabeleceu seu domicílio (oca) na raiz da planta – daí as palavras : Mandioca e Tapioca – tapioca sendo um derivado da mandioca.

Foi amplamente difundido pelos colonos devido à sua alta resistência à seca., da sua grande rentabilidade, mas era também para alimentar os escravos de forma barata.

A mandioca, importado do Brasil no século XVI, tornou-se, no espaço de algumas décadas, o alimento básico de muitas populações africanas

A mandioca adaptou-se particularmente bem ao solo e ao clima de África., e é consumido hoje em toda a África Subsaariana.

De fato, a mandioca pode sobreviver com solos pobres e muito pouca chuva. Além disso, pode ser colhido o ano todo. A mandioca também detém o recorde de maior rendimento de calorias colhidas por hectare., entre todas as plantas alimentícias, exceto cana-de-açúcar.

Existem duas variedades de mandioca, um dos quais pode ser fatal, devido à presença de cianeto nas raízes : por isso é necessário lavar bem os tubérculos com água antes de prepará-los..

  • Mandioca doce: cultivado para consumo local de seus tubérculos;
  • Mandioca amarga: usado principalmente para a preparação de amido e outros derivados.

 

É RECOMENDADO NÃO COMER MANDIOCA CRU

Suas novidades

glúten

Mandioca e seus derivados (cuja tapioca não contém glúten, é, portanto, um produto a incluir na dieta alimentar de pessoas que sofrem de doença celíaca ou intolerância ao glúten.

Digerir

O alto teor de amido da mandioca torna-a facilmente digerível, também ajudará a regular problemas de diarreia ou irritação do cólon.

Rico em carboidratos

O alto teor de carboidratos da mandioca torna um amido fácil de integrar nas refeições., pode, por exemplo, substituir a batata ou a sêmola se consumida na forma de farinha de mandioca.

Consumido na forma de raízes frescas e produtos bioprocessados, a mandioca fornece uma rica fonte de energia, proteína, de vitaminas e minerais para milhões de pessoas, particularmente nas cidades em rápido crescimento da região.

África é o maior produtor mundial de mandioca (57%), terceira principal fonte de carboidratos em países tropicais, e uma cultura estratégica de subsistência para a segurança alimentar.

A Nigéria continua a ser o peso pesado mundial, mas diz-se que a sua produção está a cair em 2017. Por outro lado, e Gana, A Costa do Marfim e, em menor medida, Moçambique estão a progredir.

Produção de mandioca : África e o mundo
(000 toneladas)
201420152016 (Leste.)2017 (anterior.)
Mundo276 766276 995278 754277 957
África154 900152 833155 398155 962
Nigéria56 32857 64357 85555 000
Gana16 52417 21317 79819 139
Benin4 0673 4214 0964 150
Costa do Marfim4 2395 0874 5485 367
República Democrática do Congo16 81715 30015 20014 550
Angola7 6397 7277 7887 140
Moçambique12 7008 1039 10010 920
Tanzânia4 9935 8866 0005 500
Uganda2 8122 8982 4002 450
Maláui5 0134 9975 0005 050
Camarões4 8365 0005 1705 345
Ruanda3 1173 0003 0603 200
Madagáscar2 9302 6772 6292 700
Outra África12 88513 88114 75315 451
América latina32 33432 39932 90829 407
Ásia89 36591 68990 27492 418
Oceânia249252252247
Fonte : FAO

 

A produção global de mandioca deverá diminuir ligeiramente em 2017, para alcançar o 278 Monte, depois de duas décadas de crescimento ininterrupto. De acordo com a FAO, esta situação é devido às secas, para baixar preços e mudanças políticas.

A mandioca é uma das culturas básicas que se expandiu muito rapidamente à escala global e representa uma das maiores fontes de calorias nas regiões tropicais., depois do arroz e do milho, especifica a FAO

De acordo com a FAO, A África Central fornece um terço de toda a produção agrícola de mandioca em África. Os maiores produtores são a Nigéria, e Gana, a República Democrática do Congo. Nos Camarões, por exemplo, a mandioca é amplamente cultivada e colhida durante todo o ano como planta anual. O país consome 60% de 5 milhões de toneladas que produz por ano, le tiers est destiné à la consommation animale. Ngoulémakong, une commune située à 170 km de Yaoundé au Cameroun, est l’un des principaux bassins de production du pays avec ses 7600 tonnes annuelles.

 

Fontes

 

 

 

 

COBERTOR 4E DA COBERTURA

Minha cozinha imprecisa, en vente, Veja abaixo

 

 

Nathalie Brigaud Oum

Autor de Minha cozinha imprecisa. Para comprá-lo,

– Clicar https://envoleesgourmandes.wixsite.com/envoleesgourmandes/livre

https://www.bmkparis.com/

https://www.fnac.com/Mon-impecis-de-cuisine-et-si-la-boulangerie-la-patisserie/a13936767/avis

Studio Nübya Nancy

https://www.facebook.com/pages/category/ApparelClothing/Le-Studio-N%C3%BCbya-Concept-Store-Ethnique-105573910825674/

– Fnac do Fórum des Halles

– Fnac de Cergy

– Fnac de Saint-Lazare

– Fnac des Ternes

Librairie Appétit

– Livraria de viajantes

 

 

Chef

Criações de receita

oficinas

Consulta culinária

Educação

Empresas, restaurateurs, instituições educacionais, indivíduos ?

Na França ou em qualquer outro lugar do mundo ?

the earth's plate

envoleesgourmandes@gmail.com

 

Obrigado.

 

INSCREVA-SE NO BLOG E AO NOSSO NEWSLETTER

2 Comentários

deixe uma resposta

Este site usa Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados de comentários são processados.